sábado, 13 de outubro de 2012

O QUE NOS TORNA FRÁGEIS - DEVA DEEPESH

O que nos torna frágeis?

Nossa fragilidade é resultado da atuação de nosso conteúdo inconsciente em nossas atitudes.

Suponhamos alguém que tenha tido vivências de rejeição em sua infância, racionalmente essa pessoa pode achar que compreende os fatos que causaram esses sentimentos, mas há uma ferida oculta não vivenciada que permanece inconsciente. Pode então acontecer que quando ela se depara com situações que remetam a aquele conteúdo oculto isso se expresse em comportamentos e sentimentos que conscientemente ela gostaria que não se repetissem, mas que não consegue evitar.

Isso ocorre com qualquer conteúdo inconsciente não elaborado e é esse conteúdo que nos torna frágeis. Não é suficiente compreender é necessário que deixemos aflorar nosso conteúdo inconsciente e vivenciarmos aqueles sentimentos. Mas como isso incomoda e dói então temos medo de nos confrontarmos, e escapamos de nos permitir vê-los. É mais fácil evitar, permanecer na zona de conforto, imaginando “eu quero ser feliz e não quero nem pensar nisso”. Assim nossa fragilidade se perpetua. Mas, a interpretação emocional que damos às causas de nossos sentimentos é ampliada e exagerada e não reflete a realidade do fato original, é preciso conhecer a realidade como ela é.

O que nos liberta é fazer justamente o contrário é não escapar, mas deixar os sentimentos aflorarem e se expressarem e permanecermos com eles até que consigamos que eles deixem de ter influência em nossa vida. Para que esse conteúdo inconsciente se revele AmmaBhagavan nos ensinou a Deeksha que promovendo um equilíbrio neuro biológico paulatinamente trás à tona esse conteúdo permitindo que nós o vivenciemos. Nós não conseguimos apenas intelectualmente ter essa experiência é uma ilusão acharmos que é possível apenas pela racionalidade nos conhecermos, enquanto estivermos nesse nível de crença na realidade estamos ao sabor do Ego (Mente).

Sri Baghavan afirma que “O homem perdeu a capacidade de experienciar a vida”. Nós temos resistências ao “novo” e por isso muitas vezes temos um olhar muito ocidental para com as práticas que o Movimento da Unidade nos ensina. Os rituais são importantes porque eles usam uma linguagem simbólica que nosso inconsciente pode captar (nosso inconsciente entende a linguagem simbólica, isso aparece nos sonhos, por exemplo). Rituais são um portal de transcendência. Então vamos experimentar não custa nada é só uma questão de quebrar paradigmas, a nossa criança sabe experimentar e não se esqueceu disso, se nossa criança não desafiasse o equilíbrio não teria aprendido a andar, se ela não experimentasse a vida ela não conheceria as texturas, os sabores nem os sons.


Dando um voto de confiança à Deeksha, aos rituais e nos abrindo para vivenciar AmmaBaghavan nossas fragilidades com certeza se esvanecerão…


Contribuição do autor: Deva Deepesh


Postagem e Seleção de Imagens: BlogBlessolutions
Related Posts with Thumbnails